Thursday, November 19, 2009

Barcelona

Acho que a minha percepção da vida é sempre em cores. E foi assim que vi e vivi Barcelona. Cores de Gaudí, Picasso, Miró e Dali. Parece que Barcelona respira arte e convida aos transeuntes a fazer o mesmo. Os edifícios, as lojas, as praças, as ruas e os vários monumentos me pareceram como delicados chamados para parar, respirar e inspirar. Porque respirar arte sempre faz bem, ainda que como eu você não seja totalmente fã de todos os artistas espanhóis.


Gostei da forma como Barcelona concilia a agitação da vida moderna com o seu passado. E sinceramente amo visitar igrejas antigas, independente se católicas ou protestantes. Porque bem ou mal as construções eclesiásticas são sempre testemunhas e protagonistas da História. E com suas peculiaridades me encantam (apesar de que as vezes assustam também).


Amei passear pelas estreitas ruas do Bairro Gótico e imaginar como as pessoas andavam e viviam por ali há mais de 600 anos. Gosto de imaginar como era a vida, as relações sociais, a cultura, os hábitos. E cada viela me fez parar um pouco só para deixar a minha criatividade divagar um pouco mais.


Me impressionou também a vida ativa dos idosos da cidade. Esbarramos com eles em diversos parques, praças e cafés. E não foi raro ver casais, que pareciam já ter celebrado suas boas de ouro, namorando em charmosos bancos.


Adorei Barcelona e facilmente voltaria aqui em outra ocasião para visitar os museus, comer tapas e paellas. Porque tempo e dinheiro de mochileiro, você já sabe...

4 comments:

Aline Adães said...

Poxa... Legal!
Quando pensava em visitar a Europa, Barcelona nunca passava pela minha mente.
Diante da sua descrição, agora é mais um país que tenho vontade de conhecer.

Ainda faltam quantos?

Nana said...

Odeia imigrante porque nunca precisou ser uma! Que comentario infeliz e muito dos ignorantes! Vc nunca precisou sair do seu pais em busca de uma oportunidade melhor, entao nao fale do que voce nao sabe, embora voce ache que sabe muita coisa!
Ariana arianalmeida@gmail.com

Ivy said...

Eu acho que depois de experiêcias como essas que você está vivendo, eu nunca mais iria querer voltar para o Brasil rs...

*Nán!nh@* said...

Fiquei assustada com o comentário da Nana... Mas concordo contigo, Iana. Ainda não tive a oportunidade de sair do país, mas pretendo fazer isso logo.
Ia comentar no outro post (que achei ótimo, por sinal), mas vou falar aqui mesmo.
Todo mundo quer ter uma vida melhor, mas, infelizmente, alguns não contribuem com a terra que os acolhe.
É como ter um bando de gringos aqui no Brasil para explorar a mão de obra por um salário de nada. (é apenas uma comparação)
Pretendo morar fora um dia, mas me recuso a me isolar num local onde todos falem português. Quero conhecer pessoas e culturas novas!
Do que adianta ir tão longe para ficar exatamente do mesmo jeito que eu poderia viver aqui?

Natália Caplan
Manaus - AM