Monday, September 14, 2009

Por Elise

Há alguns dias fui ao teatro super bem acompanhada de queridas amigas. Num daqueles convites de última hora que amo, e que 97% das vezes aceito, assisti à peça Por Elise, da companhia Espanca!. A amiga querida que sempre faz os convites mais irresistíveis, jurou que era uma comédia, mas apesar das risadas, não se trata de um retrato cômico. Pelo contrário. É uma peça que fala das coisas simples da vida, como o correr de um lixeiro, histórias de vizinhos, galinhas e cachorro. Mas pensando bem, até que podia ser uma comédia. Tem coisa mais hilária que o cotidiano ordinário?

Por Elise é uma peça é linda, altamente recomendável e não há contra indicações. Ela me agradou pelas reflexões inesperadas, pelos diálogos bem amarrados e pela forma como os personagens e suas histórias interagem. Destaque para o cachorro (ou melhor, o ator que o interpretou), que ao meu ver roubou cada cena em que apareceu.

O texto bem escrito, o figurino despretencioso e a inexistência do cenário, reforçaram o conceito da simplicidade e ainda ressaltaram a qualidade dos atores, que delicadamente abordaram os assuntos com intensidade e singeleza.

O que abstraí da peça?

1- É preciso ter cuidado com o que se planta no mundo.
2- Algumas situações na vida caem sem aviso, como abacates maduros. E não dá para usar colchões para amortecer a queda.
3- Contra a perda não há como se proteger.

Nem comédia, nem drama. Por Elise é pura poesia.

11 comments:

Wesley said...

Iana, achei o maximo a resposta que vc me deu no post anterior hahahahahahha

RAPHAELA said...

NOSSA IANA FIQUEI MUITO CURIOSA PRA ASSISTIR A PEÇA, SERÁ QUE CHAEGA AQUI EM RECIFE? ULTIMAMENTE SÃO RARAS AS PEÇAS POÉTICAS OFERECIDAS SEM QUE HAJA APELAÇÃO. BEIJOS!!!
RAPHAELA

Wesley said...

Se tem uma coisa que me tira de casa, essa coisa é o Teatro! Wowww, sempre muito bom, ficar duas a três horas sentado, vendo sair tanto talento das pessoas, que algumas vezes não da para acreditar!

R- Essência said...

Iana, sempre encontro as melhores dicas, textos, músicas, reflexões aqui no seu blog.
Beijoooooooooooo e que Deus te abençõe sempre.

ADORADORAS MH said...

Iana,
tbm ficamos curiosas para assistir a peça. Mas não sei se a peça virá para a minha cidade.
Mas a dica foi bem vinda.
Bjss
Que Deus te abençõe...

Rodrigo said...

Pena que teatro não é a minha praia.

Não é nem por não gostar, mas como não conheço alguém que tenha o costume de ir, acabo não tendo ninguém pra me indicar as legais. Tipo, fico com medo de arriscar, pegar uma porcaria, e ficar traumatizado hauahuauhau

Abçs

Fabrícia Nunes said...

Nossa já estava com saudade de suas dicas rssrs.
Saiba que vc consegue nos inspirar para viver muitas coisas MARAAAAAAAAAAA,seus cometários e dicas é 1.00000 rsrrsrs

PS:Vc me inspirou em suas dicas a me tornar muchileira nata e fã de encontros com as amigas das antigas que tm sindo momentos únicos.


Valeu pea inspiração vc é D+
Sou fã nata desse espaço rsrs

Abraço

*Nán!nh@* said...

Amo teatro, mas faz tanto tempo que não assisto uma peça... Aliás, é uma das poucas desvantagens de se morar em Manaus.
O Teatro Amazonas geralmente só recebe comédias de apelo sexual com "atores famosos" e ingressos caríssimos...
Geralmente, vou aos espetáculos do Corpo de Dança do Amazonas (CDA) e de academias de balé locais. Sinto falta de diversidade.
No fim do mês passado, veio O Mágico de OZ, com a Carla Diaz no papel de Dorothy. Os ingressos custavam R$ 120! Como não sou estudante para pagar meia, fiquei frustrada...
Se, um dia, "Por Elise" for encenada aqui, irei me lembrar da tua dica com certeza! Só espero que cobrem um preço mais "popular".

Natália Caplan
Manaus - AM

Lilih said...

Adoro suas resenhas, seja de peças,filmes,teatros,livros... Queria saber suas impressões do livro "A Cabana". Fica com Deus!

aline said...

hey,
Pergunta nada a ver com seu post:Oque vc acha sobre baixar musicas, cds completos que ainda nem foram lancados direito? Is it a sin? Quiz perguntar para vc pq sei que faz parte do DT... So you'll know what Ana and everybody else thinks.
let me know please!

beijo

Iana Coimbra said...

Wesley: :)

Raphaela: Eu não sei se chega, mas se chegar vale a pena. ;)

R-Essência: Que bom que vc gosta do que indico. ;)

Adoradoras: Se ela for, não perca!

Rodrigo: A gente aprende até com os traumas. Não desista!

Fabrícia: Bom saber que as minhas dicas são bem vindas! E pode deixar que mais virão por aí. ;)

Naninha: Esse lance das peças que apelam para o sexo já foi tema de muito debate. Eu tb não gosto. Mas teatro é caro mesmo e eu entendo. Produzir cultura no Brasil não é fácil, ainda mais pq não temos esse hábito. E grandes produções (como a que vc citou) exigem muito investimento. E é assim que vejo quando banco algum espetáculo caro: estou investindo em mim e na produção. Ah, o Por Elise era R$14,00.

Lilih: Comecei a ler essa semana. Em breve a resenha dele aqui!

Aline: Esse é um lance polêmico... E ando querendo fugir de polêmica por enquanto. ;)

Pamela: Não quis publicar o seu comentário, mas não poderia deixar de respondê-lo. Obrigada pelas palavras e vamos orar. Muito obrigada pelo carinho. Beijos ;)