Thursday, September 3, 2009

Aprendi em São Paulo

Foi em Sampa que descobri como é legal ter sempre algo para ler dentro do carro. Na realidade na primeira vez em que fui à cidade a trabalho (e lá se vão uns 7 anos), não entendia porque todo taxi tinha um monte de revistas. Bastou pegar a Marginal para entender.

Ainda bem que fui espertinha e apliquei a ideia no trânsito belorizontino. Virou meu lugar favorito para colocar a leitura em dia.

18 comments:

Leandro R da Silva said...

Oi Iana!

Com certeza, esta é uma ótima idéia.

Ontem, pensei em fazer isto também quando estava aguardando para ser atendido no banco...

Pena que esqueci o livro.

um abraço e bom dia!

Wesley said...

Me lembrei de uma coisa muito engraçada que eu fazia quando eu tinha uns 11 para 12 anos. Eu gostava tanto de ler, mas tanto, que eu ia e volva da escola lendo, mas meus pais não iam me buscar, eu vinha andando pela rua e lendo tudo ao mesmo tempo. E Hoje esse tem sido o único momento que consigo "parar" para ler, enquanto estou no carro, no ônibus ou andando pela rua.

Abração Iana, abração povo do blog...

Maíra Albino said...

Olá Iana,

Como sempre morei em SP , já me acostumei com esta loucura!

Sempre tenho no carro um livro, um club social, bala e música boa.

Com estas coisas consigo sobreviver as duas horas diárias de trânsito!

Beijos
Maíra

Lê said...

Oi Iana!

Eu enfrento trânsito diariamente aqui em Sampa!

Não me acostumei ainda.
Quando estou dirigindo não leio, ainda que o trânsito esteja pesado (entenda parado). Costumo ficar atenta aos motoqueiros e pedestres que insistem em se arriscar entre os carros.

Mas dois parceiros inseparáveis são meu rádio e o ar condicionado!

Aqui em SP tem a rádio Sulamérica que dá dicas do melhor caminho a seguir para fugir do engarrafamento e também escuto músicas para distrair.

Ah...isto torna meu trajeto diário bem mais leve e fresco...rsrs

Bjoca!

Tatiana Santos said...

É Iana,

Além de fazer bem e ser importante, a leitura exercita a memória. Com certeza é uma ótima idéia.
Como vou de ônibus todos os dias para o trabalho e o tempo para eu chegar no escritório é de 1h, sempre carrego comigo um bom livro, meu mp3, balinha, barra de cereal... Tem que ser prevenida em todos os sentidos né. E aqui em Brasília o trânsito está cada vez mais lento. Por isso quando enjoar de lê eu posso ouvir uma boa música e assim chegar menos estressada no destino final. Por que cansa! Realmente trânsito deixa a gente maluco!!! rs

Mas com certeza a idéia é proveitosa.

Beijos!

:)

Rachel said...

Me permito fazer a seguinte pergunta:

Você lê dirigindo? Isto é, o trânsito daí chega a PARAR efetivamente?

E a seguinte colocação:

Não importa o que você escreva, sempre ficamos ansiosos pra vir aqui participar... Então, o que quer que você proponha, IREMOS DISCUTIR.. rrsrrs

=D

PRISCILA said...

Infelizmente a dica não vale pra mim...rsrs, fico com a boa música que as meninas colocaram. Pois 80% das vezes que ando de carro, estou no volante, e o restante gosto de ir vendo os lugares por onde passo, mesmo aqueles que eu ando todo santo dia, não sei pq, simplesmente gosto!

Ahh e tb moro no interior, engarrafamento é no máximo 20 min de lentidão... se é que se pode chamar isto de engarrafamento..rsrs

Pri

mari franco said...

Só é perigoso qd é como eu faço... que levo alguma coisa pra ler mesmo que vá dirigindo. ehehhee.

Beijinhos pra vc, querida.

Rodrigo said...

Vixe, uma boa parte dos livros que li, foi dentro de um ônibus.

Gosto de levar um livro pra todos os lugares onde eu terei que esperar algo. Tipo fila de banco, ponto de ônibus, etc. Quando tinha que me deslocar de um lugar para outro no trabalho, lá estava eu na kombi, lendo um livro.

PS: uma vez um chefe meu, tentou me botar medo falando que ler no carro poderia provocar descolamento de retina (uma lenda). Eu nem sabia da existência dessa parada. Parei nao.

Cida Gama said...

Taí um motivo por eu ter bolsa grande, já tentei usar bolsas menores e sempre acabo sentindo falta de algo para ler.

Carrego sempre uma biblia pequena, um livro ou uma revista.

Tenho medo de dirigir no trânsito caótico de São Paulo, (preciso superar) então encaro o busão todos os dias, só estudo para as minhas provas no caminho para o trabalho, já acostumei.

Beijo e boa leitura!

Ladis said...

Oi Iana!
Realmente aqui em SP é bem complicado.. mas nao consigo ler no trânsito, me dá dor de cabeça.
Eu prefiro uma boa música.

fica com Deus!
beijosss

*Nán!nh@* said...

Enquanto os paulistas encontram alternativas para aguentar o trânsito dentro do carro, aqui em Manaus eu leio enquanto espero o ônibus... tem dias que leio um capítulo inteiro!
Nos horários de rush, quando passo até 40 minutos sentada - e até de pé - no bus (ok, comparado com o tempo de espera em SP, é um sonho! rsrs) também coloco minha leitura em dia. Aliás, tenho 7 livros na estante me esperando... excesso de trabalho me impede de terminá-los...

Edilene said...

Amo SP e não troco minha cidade por nenhuma.

Damares Gomes said...

Damares Gomes!
Oiii Iana, é isso ai, não importa o lugar quando se tem um bom livro né verdade!!!
ha e aproveitando, como acompanho seu blogger sempre, e sei que vc adora musica francesa vim deixar uma dica não sei se vc conhece ela mas mesmo assim ai vai ,"Charlotte gainsbourg" é isso ai !!
bjim!! FICA COM DEUS!!

Íris Dias said...

:D

Paulo Victor said...

Meu tio bateu o carro nessa onda. Toma cuidado. ;)

E eu já te falei qual é a atividade mais "produtiva" pra se fazer ao volante. Hehe.

Iana Coimbra said...

Obrigada pelos comentários! Certamente fica aí uma ideia para todo mundo. :)

Algumas respostas:

Leandro: Bom dia!

Wesley: Eu já fiz muito isso...rs

Maíra: Pois é. E essas coisas boas a gente tem que importar!

Lê: Nem sei se tem como acostumar, sabe. Com certeza ar e rádio em carro são elementos indispensáveis, né. Bjs!!!

Tati: Então aproveite a ideia!

Rachel: O trânsito aqui para em certos horários. Aí tenho sempre uma revista no porta-luvas.

Priscila: Me ensina a gostar de olhar o mesmo caminho todo dia!

Mari: Eu tb faço isso....rs.

Rodrigo: Eu já ouvi essa história tb de um amigo médico.Mas minha retina continua no lugar. rs.

Cida: Eu já tive medo de dirigir aí tb. Não te culpo por isso.

Ladis: Boa música sempre tem seu lugar.

Natália: Tá vendo como tudo tem um lado bom na vida!

Edilene: Tb amo sua cidade.

Damares: Obrigada pela dica!

Íris: :)

Paulo: Eu vou fazer de conta que não li o seu comentário.rs

Cristina said...

Nossa queria poder fazer isso, mas toda vez que começo a ler dentro de algum automóvel tenho dor de cabeça.