Tuesday, November 27, 2007

Dia feliz!

Para encerrar o assunto da viagem...

Para mim qualquer dia na praia é um dia feliz (sou mineira e não nego!). Mas mais feliz ainda foi ter conseguido bolar um último programa bem democrático, agradando a todos, e no final agradando a mim mesma!


Andar em grupo não é fácil. Ainda mais com um perfil tão diferenciado. Mas nesses anos caminhando com essas pessoas tão queridas e diferentes de mim, aprendi a entender o que eles valorizam. Tenho sido desafiada a não achar que minhas sugestões são melhores ou que meus passeios são sempre mais divertidos. Pessoas não são iguais, e a vida fica tão mais simples quando a gente entende isso. É tão mais fácil quando resolvemos olhar por outro ângulo.


Nesse dia entendi um pouquinho o que é amar o próximo como a ti mesmo. Eu sabia que só eu (e mais uns 2) queriam ir a praia, a maioria preferia ir a outro lugar. Mas estávamos em grupo e fui encumbida de escolher uma atividade para todos. Optei por um passeio que o grupo curtiria mais, abrindo mão da minha escolha pessoal. Resolvi amá-los mais do que a mim mesma.


A manhã foi uma delícia e nos divertimos muito num lugar chamado Bay Side. Tivemos ainda um almoço maravilhoso no Chilli's - um lugar que eu também escolhi (apesar de que pessoalmente ainda trocaria tudo pela praia). Mas fiquei tão feliz de ver o pessoal se divertindo, que me realizei também. Porém, Deus sempre nos surpreende. E Ele me surpreendeu... Muito... No final do dia ainda tínhamos um tempo livre e para onde fomos? Para a praia! O grupo concordou em continuar o passeio e lá fomos nós! Ao chegar à costa, corri para o mar com tudo!

São nessas coisas que vejo a alegria e a disposição de Deus em atender os nossos detalhes e pequenos prazeres, quando antes de nós mesmos colocamos o outro. Isso é um jeito simples de amar ao próximo como a ti mesmo.

Dançando com a Isa e o Serginho.

Bay Side.

Compras? Não!!! Socorro!!!

Chilli's!!!

Só agradeço...

Correndo atrás das gaivotas enquanto o "my friend" tirava fotos.

Sim. Essa é a minha cara de felicidade!

Agora posso ir embora.

10 comments:

dzar said...

"como pode um peixe vivo viver fora dágua fria..."
acho q vc preferiria ser um peixe, um especialista em nado e mergulho!!! coisa de mineiro...
paz

ps. acho q vc eh minha unica pageview.
hahah

Bruna Souza said...

Concordo plenamente com o Label: TEMPO BOM!

E não precisa ser mineiro pra sentir uma felicidade ao pensar em praia.. Basta estar no interior... Aii Deus viu..

E ai Iana, quando volta?

Angel said...

Ei Iana!!!!

Amei sua visita ao meu blog!!!
E como ta tudo com vc?
E essa viagem,foi com o DT?????

Passa lá na Ágatha depois pra comprar umas blusinhas :)

bjim

Iana Coimbra said...

David, acho que sou peixe mesmo.rs.

Bruna, na realidade já voltei tem um tempo, mas como tinha muita coisas para falar da viagem, fui postando aos poucos. Já vi que em blog ninguém lê quando vc posta tudo de uma vez. :)

Angélica, que bom que vc retribuiu a visita por aqui! Bem vinda! Pode deixar que vou passar lá.

Bjs a todos!

Juh said...

Olá Iana... q bom q Deus sempre nos surpreende, né... vc queria tanto ir, mas não "brigou" por isso.. deixou as coisas rolarem naturalmente, e aí o Senhor deu um jeito de vc passar pela praia!!
q bom!!!


bjussss

Bruna Souza said...

É bem verdade mesmo viu...

Menina, só agora olhei com bastante atenção para as fotos... E me diz uma coisa, na última foto: O chinelo é grande ou é o pé mesmo?

Fica com Deus!
Bjs

Angel said...

Ei Iana!!!

Tb te visitarei sempre!!!! Vou até linkar seu blog no meu :)

Ahh..passa lá sempre...tenho tenho mania de responder por la mesmo...rs

Legal demais te "rever"!!!

bjim

Luís said...

Olá... vi seu comentário em algum blog por aí e resolvi visitar. Altas histórias hein?

Parabéns!
Até mais!!!

Vanessa Trotta said...

Menina,
Você é chique demais!

Agora, como mineira, eu tenho um sina: sempre quando vou à praia chove!
Mas, aproveito assim mesmo!
(Não é à-toa que é fácil reconhecer um mineirinho na praia!)

Um beijo!

Eniale said...

E que tempo hein!
Linda as fotos
Beijos Nana!