Wednesday, April 29, 2009

A Noviça Rebelde (The sound of music)


Sou uma grande fã de musicais e realmente me esforço para assistir quando possível. A primeira vez que fui a um grande teatro para ver uma peça nesse formato tem apenas alguns anos. Mamma Mia estava em cartaz. Eu nem sabia de que se tratava, mas não queria perder a oportunidade. Amor à primeira vista.

Depois de Mamma Mia (que a versão em teatro é infinitamente superior ao filme), vieram duas montagens diferentes de O Fantasma da Ópera, A Bela e a Fera, Miss Saygon e agora em São Paulo A Noviça Rebelde (The sound of music). Todos clássicos, com exceção de Mamma Mia, que com certeza se tornará um.

Dos que assisti o que menos gostei foi A Noviça, que é baseado em na história verídica de uma família austríaca que vive nos tempos da Segunda Guerra Mundial. A produção conta a saga da família Von Trapp, após a chegada da babá Maria, recém saída do convento e sem nenhuma vocação para a vida religiosa.

Nada contra a montagem, que foi perfeita, ou o elenco, que deu conta do recado. Aliás, Kiara Sasso é incrível em papéis de protagonista e a equipe brasileira não deixa nada a dever aos originais estrangeiros. É a história em si que tem um ritmo devagar e músicas pouco empolgantes (a não ser a tema que com certeza você sabe cantar), que se acentuam por serem quase três horas de espetáculo. Não tão atraente para mim, mas tenho certeza que perfeita para as várias senhoras que saíram do Teatro Alfa nas nuvens e que anos atrás tiveram o privilégio de assistir ao filme ainda no cinema.

Aliás, não tem como comparar A Noviça com os outros que assisti. Apesar de seguir o mesmo impecável padrão de qualidade, são propostas diferentes, que atraem públicos diferentes. A não ser “musical freaks” como eu, que vão a todos possíveis.

É claro que A Noviça Rebelde é um belo espetáculo, com um cenário perfeitamente lindo, iluminação afinada, músicos incríveis e uma história clássica, necessária, para se dizer. E é isso que quero ressaltar. Cultura é algo totalmente necessário. E são essas experiências que dão base para a construção de um universo comparativo. Não é preciso se tornar um “bicho cultural”, mas a experiência de respirar cultura erudita, nem que seja uma única vez na vida, é impagável. E é por isso que amei ter ido assistir ao espetáculo, mesmo ainda tendo O Fantasma como meu preferido. E sim, recomendo: não perca a oportunidade dessa temporada e vá ao Teatro Alfa!

Enfim, já assisti a várias óperas e algumas operetas, mas quando se fala em musicais da Broadway é diferente. E eu juro que um dia era lá que eu queria morar.



15 comments:

Caroline Monteiro said...

Agradeço sua resposta no último comentário com o convite para que eu escreva mais aqui.
Agora lendo esse post devo dizer que você deveria ter uma coluna em Jornal no caderno de Cultura/Entretenimento rsrsrs...brincando mais falando sério, gosto da maneira como escreve...tem profundidade, mas ao mesmo tempo com uma linguagem bem acessível! Parabéns!!!!

Paulinha said...

Olá Iana!

Nunca fui em um Musical, mas gostei da ideia! rs

Beijos! ;)

Paulo Victor said...

so, the hills are alive with the sound of music or of moulin rouge?

*Nán!nh@* said...

Também amo musicais, mas nunca tive a oportunidade de ver um ao vivo, somente em filmes.
Aqui, sempre temos espetáculos no Teatro Amazonas, com dança, orquestras e peças de teatro. Esta semana, é a vez do Festival de Ópera, mas ainda não encontrei um tempo para ir.
Ei, você já assistiu Hairspray? Gostei muito, porque é um musical sobre um tema sério, com tom divertido e bem dinâmico. Recomendo! =)

Ana Flávia said...

"A Noviça Rebelde!!"
um clássico né?Muito bom!!..mas nossa..que antigo!!
bjss

Patricia said...

Olá Iana tudo bem?

Acompanho sempre seu blog, mas nunca deixei nenhum comentário, mas hoje, depois de ler os comentários e respostas do post anterior, pude perceber que os cristãos estão mais preocupados em seguir exemplos de homens, ao invés de procurar seguir o exemplo de Jesus. Admirei sua resposta em relação a crítica que lhe foi feita, e pude notar como os cristãos estão querendo "mostrar" sua "espíritualidade" de forma errada. Passei a te admirar demais após ler essa resposta, de verdade, como diriamos aqui em SP, vc não perdeu a "estribeira" ao ler aquilo rsrs! Parabéns, Deus continue te abençoando e te usando em suas palavras.

PS: Assisti "Crepusculo" também e confesso que gostei bastante do filme.

Beijos Patrícia

dani said...

Iana td bem?
valeu, em deixar colocar algum texto seu no site do Genesis, quando eu colocar te aviso pra vc visitar ok?

Nossa Iana fiquei tão triste com a opnião daquelas irmãs, mas...
infelizmente as pessoas parece que constroem deuses, por mais abençoada e ungida que sejamos, somos seres humanos, pecamos.
Mas creio que o seu desejo quanto o meu é sermos mais parecidas com Cristo!
Acho que vc se chateou tb, mas esqueça...Deus sabe de sua vida e te ama do jeito que vc é,e não é por causa das sua leituras, que Ele irá parar de te usar e te abençoar!

um bjão e fica na paz!!!
Dani

Maria Lúcia Gontijo said...

Falar que amei o post é chover no molhado. Sempre passo por aqui, mesmo em silêncio, rsrsrs!

Ó, só toma cuidado, Pq pode aparecer algum comentário aqui alegando que ao ler NOVIÇA REBELDE ao contrário vai aparecer a palavra CAPETA e isso não é bom para uma pessoa que é "exemplo", não é mesmo? Sério. Quase não acreditei em alguns comentários que li no post anterior. Senti muita vergonha alheia. Gente, que tal sair da BOLHA e desfrutar de todas as coisas boas que a cultura pode nos oferecer? Fica aí o recado. Beijos.

Rodrigo said...

Oi.

Não curto muito filmes musicais, mas quem sabe um dia eu não assista um no teatro e goste heheh

Lu De Oliveira said...

Uhull! That´s cool!
2 Posts legais em täo pouco tempo! ;)
Realmente respirar o ar da cultura é um "must" que todos deveriam viver uma vez na vida.
Na minha adolescência me achavam meio bregona, porque além das músicas "normais" eu amava clássicos.
Depois da primeira ópera que assisti, "a flauta mágica" me apaixonei. E meu sonhooo é assistir uma ópera no clima clássico e romântico de Viena.
Concordo contigo, o Fantasma é o melhor nessa lista que você citou. Ano passado fizeram um Tour com a montagem alem, que foi maravilhosa!
Agora tipo, Mamma Mia, o filme...juro que tentei, mas näo consegui assistir até o fim. Achei meio chatinho =/ talvez eu näo estaivesse no clima ou porque era realmente chato.
Aqui na minha cidade está em cartaz uma comédia muito legal "Monthy Python´s Spamalot" vale a pena dar uma conferida! Ou quem sabe você dá um pulo aqui pela Alemanha, tah convidada! (Quem sabe você näo vem na mala da equipe do Moriá, eles vem novamente em Novembro ;) )
Agora depois do post, fiquei curiosa pra ver a Novica Rebelde, principalmente se for melhor que o filme,e ja foi bom.
Entäo, até o próximo post ou até novembro! ;) rsrs

Beijäo

Juliana Marques said...

ei Iana
eu tbm sou uma grande fã de musicais
tento assitir sempre q posso mais a falta de tempo é meu grande inimigo.
Dos q vc sitou já vi Mamma Mia, O Fantasma da Ópera e A Bela e a Fera,
bom ñ tive um preferido apesar de q Mamma Mia foi o q menos gostei, ñ q ele tenha sido ruim mais questão de gosto msm, mais cultura é sempre bom
msm q tenha dias q siceramente ñ estou com vontade de ver ou ouvir algo do tipo, mais enfim algum dia ou alguns dias da vontade de ver e ouvir, algo realmente de boa qualidade....
abraços

Lilian Pavan said...

Iana, sobre o post anterior... li cada comentário e, entendi tanto o seu posicionamento e explicação que, o cristão não deve ser um alienigena, como também entendi a posição das meninas que não aceitaram as suas respostas quanto ao livro.

A Biblia nos adverte para não nos conformarmos com este século e também diz que todas as coisas nos convêm, porém, nem todas são licitas.

Sabe Iana, glória a Deus que ainda há pessoas como você que tem maturidade p/ saber separar essas coisas e, não deixam que o mundo nos influencie. No entanto, sabemos que há uma massa que é influenciada o tempo todo pela mídia com tantos besteiros inúteis.... ai quando vem alguém cristã e diz que leu um livro de vampiros ou coisa assim.... ohhhhhhh.... cria-se uma grande polêmica!

Sabe Iana, outro dia fuçando num dos seus post´s, li que num deles, você fala do crente prepotente!

Não cabe falar deste assunto aqui, senão vão achar que escrevi um livro neste comentário. rsrs...

Mas em resumo, os cristãos precisam ter mentes abertas, senão o mundo devora.

É isso... pena que não consegui postar este comentário antes. :-(

Você é do tipo de pessoa que não se deixa influenciar por nada e por ninguém! ahhhhhh! se todo cristão fosse assim... não teria tantos escândalos nas igrejas e muito menos desviados.

No mais, que a graça e o amor de Cristo se abundante

bj querida

fica na paz

Kessia said...

the sound of music é meu filme favorito!!! ouvi falar do musical, mas n me interessei pq acho q é tudo em português né?

adorei seu blog!

bjs

nms12 said...

ei iana! Tempinho sem passar no seu blog! Como estão as coisas por ai?? hehe
Jah tem alguma resposta se vc vem mesmo em vitoria agora final de maio? ouvi dizer que vc vai dar uma palavra, é verdade???
No aguardo, Grande beijo!
Nat.

Iana Coimbra said...

Pessoal,

Valeu pelos comentários! Algumas respostas...

Caroline: Quem sabe um dia...rs.

Naninha: Não vi ainda. Mas uma hora vai!

Patrícia: Obrigada pelas palavras.
Volte sempre!

Rodrigo: No teatro é sempre beeem melhor. Acho que vc vai gostar.

Lu: Obrigada pelo convite! Olha que eu costumo aceitar.rs. Mamma Mia é muito bom, mas no filme não ficou tão bacana. No teatro vale a pena. ;)

Kessia: É em português sim, afinal a montagem é aqui, né.

Nat: Acho que sim, mas não tenho certeza.rs.