Wednesday, October 15, 2008

NÃO VIAJE PELA TAP - PARTE II

A história chegou ao fim, de forma que encerro aqui o meu "tristemunho".

Como eu já previa, e muitos reiteraram, a TAP não se responsabilizou pelo furto cometido durante o transporte da minha bagagem. Enviei um e-mail, um tanto quanto cordial, relatando o que aconteceu (orientação que foi me foi passada por um funcionário da companhia). Porém, recebi somente essa semana um e-mail assinado por Lílian Barreto, Gerente de Atendimento ao Cliente, informando que a bagagem é responsabilidade do cliente, ou seja, nada poderiam fazer. A questão é: como a mala pode ser de minha responsabilidade se não sou eu quem a transporta???? No mínimo incoerente. Nem um pedido de desculpas lamentando pelo ocorrido ela foi capaz de escrever.

O meu conselho a estimada Lílian Barreto e a TAP é que eles possam repensar o Princípio e Missão estabelecidos em seu site, onde é possível ler:

"Prosseguindo uma orientação estratégica cuja prioridade é a satisfação das expectativas dos Clientes, a TAP procura continuamente proporcionar-lhes as melhores e mais fáceis soluções para as suas viagens, agregando cada vez mais valor ao produto que lhes oferece."

Se o objetivo é a satisfação e solução para as viagens, creio que apesar dos 60 anos da companhia, eles ainda estão a "anos-luz" de cumprirem seus objetivos.

Dessa forma encerro aqui o assunto e aconselho aos leitores: NÃO VIAJE PELA TAP.

26 comments:

Ana Flávia said...

Nossa Iana,que chato!!Mas de fato eu falei com meu cunhado que pilota um avião comercial e ele me disse o mesmo...o que não significa que vc não possa recorrer.
Fica na Paz!!
Deus te abençoe!!bjks
Ah...fiquei muito feliz que a Ana está grávida de novo!!Que maravilha,não é?

Rafael said...

Coisas assim, realmente, só aconetece no Brsil mesmo...
Desde que li sobre o problema da TAP, sabia que algo assim aconteceria.
Mas que Deus possa estar virando essa página da sua vida, para uma com um pouco menos de aflições.
É só esperar.

Land of Marcelo said...

Depois de ler sua saga, NÃO VIAJAREI PELA TAP! Falta de respeito ao consumidor nao cabe no seculo XXI.

Paulo Victor said...

Exatamente, Iana. Como podemos ser responsáveis por algo que não está conosco? Eles, então, que aumentem o compartimento de bagagem da cabine, pra que possamos ficar de olho na mala o tempo todo! Só assim...

Mas valeu pelo conselho. Pensarei não só 2, mas 300 vezes antes de optar pelo vôo direto Brasília-Europa, que só a TAP faz (acho que aí em Confins é assim tb, né?).

Melhor perder umas horinhas em SP ou Rio, do que ter a frustração de perder algum objeto de nossa bagagem... =/

Agora é deixar quieto e voltar a "falar de coisas boas". :)

Fer said...

Ola...
Mes que vem vou para Minas, BH...
e não vejo a hora...
vou ficar uns quatro dias, mas com certeza vou aos cultos da lagoinha...
Antes de ir te mando um e-mail, quem sabe naum da pra gente se encontra...to levando o presente q era pra ser entregue no congresso q vc não pode vir...
bjokas
Fernanda

Vivi said...

Realmente a TAP parece ter lhe causado grande transtorno. Lamentável.

Mas querida, quero deixar aqui minha dica: CUIDADO COM O PORTUGÊS!
Se você mantém um blog ao alcance do público, é responsabilidade sua escrever corretamente o português. E não falo do uso de uma linguagem ou de outra. Sabemos que a internet tem sua linguagem peculiar. Eu me refiro a ERROS grosseiros que você deve buscar evitar

Ex: "Nem um pedido de desculpas lamentando PELO ocorrido".
O correto é "lamentando O ocorrido"

OUTRO:

"...eles estão A 'anos-luz'..."
O correto é "...eles estão há anos-luz..."

E SÓ PRA FECHAR:
No final, você embaralha a concordância: você se refere AOS LEITORES, mas escreve o conselho no SINGULAR.

Mais uma vez eu aconselho: cuidado com os erros de português.

E lamento os problemas com a TAP.

|________Uerlle| || || |___| said...

Gente que coisa horrosa,
nosso Deus.
Falta de respeito total...aff!
Conselho acatado Iana,nunca quero viajar por uma empressa assim!!

Bjos!

Paulo Guerra said...

Ei Iana! Que ruim hen?!E como estão as coisas?Muito cansada? O seminário foi muito neh?! Abraços e vlw pela parceria no ato profético! Paulo...

Tássio Costa said...

Isso é um absurdo!

Como pode os passageiros serem responsáveis pela bagagem ?! ¬¬
cada uma...

Enfim.. ainda encisto na idéia de processar! ashuahsuahsuahsuah...
creio que é única forma.
;D

Abraços Iana!
Fica com DEUS...

Aline said...

Hi Iana.... Meu Nome e Aline sou de MG mais moro nos Eua.
A Paz do Senhor..tava aqui navegando no site do DT e Vi o site de Voces do Cia MUDANCA... e acabei achando seu Blog...very Nice
eh Legal Vc coloqua fotos,e escreve coisas que acontece Normalmente com Um ser Humano no seu Dia Dia...:)
ahhh eu te vi bem Pertinho... O DT veio aqui Nos EUA.. Em Boston no Lynn Auditorium Memorial Hall foi mes passado September 12..se eu nao me engano.. e eu tava bem na frente... e as vezes vc ate olhando assim.. foram as vezes que vc tava filmando..ai eu pensava...Ai meu Deus sera que ela ta filmando eu .. eu tava bem na sua frente ..rsrs..
mais Ta bom so queria diser isso ..
e Foi uma bencao ter Vcs aqui pela senguda Vez neh... esperamos vcs ano que vem deNovo se Deus quiser.. Pq vale a pena ter vcs aqui pra Ministrar sobre esta Nacao neh..
beijos Iana
May the Lord Bless you!

Paulo Victor said...

Eita, Iana... tá enrolada... hehe.

Só não digo nada pq eu já dei, certa vez, uma de chato hiper-corretivo... Mas, vamos lá:

Vivi (aí de cima), este é um espaço coloquial e lapsos linguísticos (sem trema, a nova regra permite... hehe) mínimos são extremamente aceitáveis.

Embora Iana seja jornalista, pelo que aqui ela diz (creio), não existe nenhuma pretensão em tornar o blog um berço da norma culta da língua. Mas, em todo caso, sua correção está equivocada.

Quando ao verbo lamentar: sim, ele é transitivo direto. Mas creio que seja possível interpretar que haja ali uma elipse de uma idéia, e "pelo ocorrido", nesse caso, é só um complemente acessório. Pode ser visto como algo do tipo: "nem um e-mail lamentando [o fato] por causa do ocorrido, ou pelo ocorrido". É uma possibilidade.

E, por último, o correto não é "há anos-luz", mas sim como a Iana escreveu, sem H. "Há", com H, só se usa no sentido de tempo decorrido. Se "anos-luz" se referisse a tempo passado, blz, vc estaria certa. Mas como é algo do qual a TAP está aquém, que deve atingir, é sem H mesmo.

Outro exemplo:
1) "Estive pela primeira vez neste blog há um ano." - Tempo passado. Com H.
2) "Voltarei daqui a um dia". Tempo futuro. Sem H.

Espero ter sanado a dúvida ;)

Abraço.

Dê said...

olá ianaaaa tudioo bem
eu recebo seu conselho nunca vou viajar pela TAP rsrsrs
um abraço fica na PAZ
ha e vc conseguiu entrar no meu blog me fala ta beijimm

jhom said...

xii q chato...
realmente "NÃO VIAJE PELA TAP"...
foi isso q falei ontem a meu pai, ele tá indo há uma conferencia p lados de lá, e quando foi comprar as passagens eu disse:"NÃO VIAJE PELA TAP"
ele riu, e sem entender NADA, acatou meu pedido...kkkkkkkkkk
pelo menos 1 pessoa sem prejuízo, né?
Abç...
DTA...

KATHY said...

SAUDADES!Tenho pensado mto em conversar umas coisas contigo mas o seu tempo e o meu são complicadinhos que vou sempre adiando. Até qualquer dia.

Bjs

bons bordados said...

vai ver iana que o lema deles é
"o seu dinheiro ja esta na nossa companhia e a satisfação é nossa"
não se importando emso com a satisfação dos clientes é dificil viu!!!

abraços silvia

susan soares said...

Olá ... pode deixar que nunca vou viajar pela tap .. hihihi

vou viajar em janeiro e ja sei pelo menos, por qual não ir neah...

bjokas e que Deus te abençoe!!

susan soares said...

olá denovo, rsrs...
só quero falar que deixei mais um comentário.. no
falando de coisas boas okay bjokas!!

Deborah Mendes said...

Realmente Iana vc deve ter cuidado com o PORTUGÊS,ele deve ser muito mal...huahuahua...santa paciência!
Iana,seu blog é muito bom,tirando algumas pessoas que comentam...rs
Ah e lamento pelo ocorrido,espero nunca ter que viajar pela TAP!

Iana Coimbra said...

Pessoal,

Obrigada pela solidariedade. E a campanha continua!!!

Ana Flávia: Legal mesmo. ;)

Rafael: Nem é com o Brasil não. A TAP é Portuguesa, e o furto aconteceu em Zurich ou em Portugal. Vá saber...

Marcelão: Concordo. É completamente incabível. E nem precisar ser expert no assunto para saber.

Fer: Me avisa direitinho que faço questão de te ver. (E não é só pelo presente! hehehe)

Vivi: Obrigada pelo seu comentário e por se preocupar em apontar suas observações. Com certeza todos devemos nos preocupar em escrever corretamente.

Uerlle: Mais um adepto!

Paulo: Bom te ver comentando aqui. Foi muito legal dançar com você. Fora os tombos. hehehehhehee

Tássio: O processo não vale a pena porque o valor do relógio é bem inferior a de uma causa. Mas valeu pelo conselho.

Aline: Bem vinda! Ainda bem que sou um ser humano e não um ET, né.rs. Também espero voltar.

Paulo Victor: Acho que não vou entrar na sua correção à correção! rs. Pelo menos quer dizer que vocês estão lendo mesmo o que eu escrevo! Bom que a galera que comenta vai aprendendo um pouquinho mais de português através dessa saudável discussão. ;)

Dê: Li sim. E não tem motivo vc não abrir para as pessoas lerem. Escreva e seja feliz!

Jhom: Que orgulho de vc!!!

Susan: Respondi seu comentário no outro post! Mais uma adepta!

Deborah: Muito obrigada pelo seu comentário! Volte sempre!!!

Vivi said...

Olá

Só pra responder à caríssima Débora:
Débora, minha querida. O palavra de Deus nos permite a repreensão do irmão. Vc conhece esse trecho bíblico? Se não, dê uma lida.
E se escrevo aqui minhas observações, escrevo com o objetivo de promover uma CRÍTICA CONSTRUTIVA. A Iana não é uma garota boba. Muito pelo contrário: ela sabe que precisa não só de pessoas PASSANDO A MÃO na cabeça dela, mas de pessoas que sejam FRANCAS com ela, que se mostrem SINCERAS.
Às vezes, cara Débora, uma palavra franca dita com educação edifica mais uma pessoa do que uma bajulação melosa e superficial, vc me entende?

Então, fica aí a dia, Débora: não podemos falar apenas o que as pessoas DESEJAM ouvir, mas também o que elas PRECISAM ouvir. Isso é bíblico.

Bom, como nossa cara Iana é JORNALISTA, deve ter tido na faculade noções acerca do que a constituição diz sobre a liberdade de expressão.
"É assegurado ao cidadão o direito de resposta, proporcional ao agravo"

Iana, vc não é obrigada a publicar essa minha resposta. Mas pode fazê-lo comandada por sua consciência cidadã.
É isso.
Débora, não fique brava comigo viu?
Que Deus a abençoe

Iana Coimbra said...

Vivi: É claro que eu vou autorizar seu comentário. Só não gostaria que este espaço se tornasse um ringue, ok? Todo mundo pode falar o que quiser, desde que as palavras sejam sempre respeitosas. Estamos todos entendidos? No mais, comentem sempre!

Taty said...

seriously...

Iana Coimbra said...

Pessoas queridas: acho que agora podemos dar um fim ao assunto, que tal? A não ser que a Débora também queira comentar (como a última pessoa envolvida na história e que ainda não deu a sua "tréplica" rs.). Todos os comentários e críticas são sempre bem vindos! Adoro ler tudo o que postam aqui, a não ser coisas ofensivas ou anônimas, como já escrevi antes. Então, já que todos se explicaram, fica aqui o ponto final! Mas deixo meu agradecimento a todo mundo que lê e tenta me ensinar a escrever melhor. Obrigada mesmo!

Ps: Fiquei pensando com os meus botões se eu arrumava ou não o texto, e acabei definindo que esse vai ficar desse jeito mesmo, ok? Mas podem me corrigir sempre. Todo mundo precisa de correções nessa vida, até professores de português!

Deborah Mendes said...

Que isso,nem imaginei que meu comentário daria esse auê todo.
Bom Vivi,não sei que tal texto biblico é esse e nem tenho interesse em saber.Não tenho nenhum motivo para bajular ninguém,nem começo a Iana,apenas vi um post no blog do Bressane sobre ela e fiquei curiosa em saber quem era.
A respeito do que eu escrevi no meu comentário anterior,achei engraçado vc a corrigindo,sendo que no seu comentário tinha um erro bobo e ainda em letra maiúscula.Pouco me importa a graduação da Iana,achei o blog legal,pois ela escreve de uma forma clara e objetiva.E brava?!Que isso,sou muito de bem com a vida!
Iana,por mim o assunto acaba aqui,longe de mim tornar seu blog em um ringue!

Iana Coimbra said...

Querida Deborah: Que bom que vc chegou nas bandas de cá pelo blog do Bressane. Ele é um amigo muito querido.

Bem, depois da sua fala encerramos definitivamente o assunto. Que todos se sintam sempre bem vindos para aparecer e comentar. Voltem sempre!

Aline. said...

Oi Iana..
ahh entao esta explicado.(sobre o Et).rsrs
Olha so esse Video http://www.youtube.com/watch?v=W-PjmJXyl7Y (Nao eh Virus don't Worry) Mais achei Lindo.. ve se vc gosta, quem sabe vc num ja ate viu ele.. esse video foi a abertura da conferencia de Mulheres aqui com a Joyce Meyer.. la em Missouri! uma bencao Vc gosta da Joyce Meyer? amo ler os Livros dela.. saiu um Novo agora "Never Give Up". estou louca pra ler.
Beijos e Deus abencoe
Otimo Fds.