Saturday, June 26, 2010

Sobre não sofrer

Não sei quando comecei a aprender a não sofrer. Sei que foi na mesma época em que descobri que isso não significava não sentir. Eu sinto tudo. Muito. Mas aprendi a dosar os efeitos de notícias ruins sobre minhas emoções. Dou prazo a minha dor. Não que eu a controle, mas determinei que ela não me domina. Faço acordos com o meu coração e nos entendemos bem. Na medida do possível.


Recentemente recebi algumas más notícias. E quando me ligavam para saber como eu estava, uma resposta automática veio com tudo: “Estou caminhando. Não tenho tempo para sofrer”. Não tenho tempo ou não deu tempo? Os dois. Quando a dor chegou, dialoguei com ela. E ela se foi no mesmo ritmo que veio.


Não posso determinar tudo que se passa ao meu redor, mas posso decidir como lidarei com fatos desagradáveis. E a minha primeira decisão é manter meu coração grato. Ser grata por acontecimentos ruins? Sim. A gratidão preenche o coração. A murmuração o esvazia. E com a dor aprendo. Das adversidade faço degraus e os aproveito para passar de fase mais rápido.


Hoje estou feliz. E não é porque tudo está perfeito. Estou feliz porque consegui colocar as más notícias no lugar que elas merecem: abaixo do que me faz bem.



Ps: Antes de qualquer tipo de especulação, está tudo bem. Há tempos queria escrever sobre esse assunto. Semana passada rolou e hoje compartilho aqui. :)

15 comments:

Daniel Guanaes said...

Oi Iana, o bom do sofrimento e que ele nos mostra que existe vida em nos. So quem vive sofre, e so quem sofre sabe como e viver. Belo post! Daniel

escobar.life said...

Olá, bom dia!!
Adoreiii.... Como sempre td o q vc escreve de alguma forma fla direto a mim ... Há um tempo atras tive uma pessima noticia, mas hj decide que ela noa pode ser maior q as alegrias q tenho an vida ...

Viver é um dom ... viver feliz é usar essa vida sempre a seu favor ...

Querida vejo minha vida longe da sua mas sua importancia na minha vida é dimplismente indiscutivel ....

Deus te abençoe ...!!!

Bjos

Tatiane Escobar ...

Lu nascimento said...

hey mana!paz e graça!!!
De tds as coisas que gosto de ler,suas postagens são as que mais me edificam!Vejo Deus nas coisas que vc escreve!!!E como sou uma pessoa extremamtente categórica com o que leio,venho aqui sempre...Deus continue a usar suas palavras!
Luana.

Thaty nogueira said...

Que bom que está tudo bem!!!
Amei o post... principalmente porque serve como um ótimo ensinamento. "Colocar as más notícias no lugar que elas merecem: abaixo do que me faz bem."
Vou levar isso pra minha vida toda!
Bjos mana linda!

Luma e Luana said...

Oiee...Iana

é muito bom vir aqui! Vc sempre tem uma palavra ao nosso coração.

Domingo passado no culto ouvimos uma ministração de nossa apóstola no mesmo sentido. Falava a respeito de profetizarmos em momentos de caos, de tristeza. Foi uma benção!

Se der, postaremos depois em nosso blog.

Bjus..DTA! ;)

Rodrigo said...

Oi Iana!

Primeiro parabéns pelo seu casamento, Deus abençoe vc's! A forma como vc fala do seu marido é muito massa, admiro isso em vc. Parabéns! Ele com certeza é um cara de sorte.

Eu estou passando por um monte de coisas que se eu deixar me dominar pelo sofrimento, fico louco. A vida é assim, pouco a pouco agente vai aprendendo a lidar com os problemas, seja em qual área for. Infelizmente coisas ruins acontecem durante toda a nossa vida, o que diferencia é como reagimos a elas. Tenho aprendido muito, ainda não enconrei as resposta de que preciso, mas acredito que eu esteja no caminho certo, Cristo.

Até mais e fica com Deus!

Val said...

Seus post veio de encontro com o tema de nosso estudo dominical.Creio que quando o dia "mau" vem, não temos que perguntar a Deus onde Ele está.
Tudo coopera para o bem daqueles que temem a Deus.
Em minha vida já perdi muito tempo questionando e esperneando, hoje não faço mais isso.Sou grata pela graça do perdão de Deus em minha vida e pelo seu grande amor por mim e isso me remete a superar esses pontos de desconforto.
Que Deus continue te inspirando e trazendo a cada dia crescimento e maturidade, grande mulher menina.

Olga said...

Olá Iana, tudo bem?
A maturidade emocional nos conduz a controlar as nossas emoções e o sofrimento também precisa ser dosado.
Algumas pessoas fazem do sofrimento um ganho secundário e vivem disso pois, inacreditavelmente, para estas é mais fácil viver na dor do que na verdade, na realidade e com coragem.
O entendimento com o coração eleva o nosso domínio próprio já que o coração pode ser enganoso e corrupto tantas vezes.
Ou seja, o sofrimento é sofrimento mesmo?
O seu tema foi bom.
Abraço,

pathcristo said...

Oi Iana,
Gostaria de parabeniza-la por tudo que ja vi você fazer, pela dança, pelas ministrações, pelos textos pelos familiares, pelo casamento, pelas fotografias...
Saiba que admiro tudo!
Abraço

pathcristo said...

Oi Iana
Achei excelente o texto.
parabéns por tudo.
Abraços

pathcristo said...

Oi Iana
parabéns seu blog está ótimo e muito comtribui para mim
obrigada
abraços

Adriany said...

Oi Iana
estoou passando para dizer que estava uma benção ontem em barretos que as ministrações com a dança me impactaram muito... Que Deus continue frutificando cada dia mais o ministério de vocês...
beijos

Gabriela F. said...

Olá Iana, acompanho seu blog já faz um tempo, mas ainda não tinha comentado sobre nenhum post seu!
No entanto, esse texto eu tinha que comentar, porque adorei. Não sei se pelo tema central (sobre não sofrer), se pela minha identificação com o texto, ou se pelas duas coisas! Parabéns. Deus continue te direcionando e capacitando a escrever textos tão legais como os que você têm postado!

Vou continuar por aqui. Bjs,
Gaby

said...

Oi, Iana!
Adoro seguir o seu blog. Seus textos são riquíssimos e sempre nos dizem muito. Você tem sintonia total com as palavras. Parabéns!
Adorei esse lance de não sofrer, é sinal de maturidade. Também estou lutando para ser mais forte e ñ me abater. Quando eu conseguir, te escrevo.

Um abraço e que Deus continue iluminando a sua mente!

Lidiane Talita Braga

XANDY said...

Olá Iana!!! primeiramente Parabéns pelos seus textos, fico embasbacado quando vejo pessoas com tamanha competência, principalmente hoje com essa cultura da mediocridade. Eu te vi na televisão, fiquei impressionado com sua fluência e decide procurar saber quem era você, descobri seu blog (foi difícil,rsrsrs) e me deparei com seus textos cheios de sensibilidade ou sabedoria se preferir. Eu sou ateu e vejo na blíbia uma filosofia de vida, porque para mim Deus é o próximo, são as pessoas que você tem contato e até as que não tem...já venci a obesidade, já venci o câncer e hoje acabo de ser convocado em um concurso público, mas de todas essas conquistas a mais importante foi aprender a controlar minhas emoções, isso se chama sabedoria e vejo isso em você, você terá sucesso simplesmente porque de algum jeito ou de alguma maneira conseguiu aprender a controlar suas emoções, o resto é consequência
...PENSE NISSO COM MUITA CALMA...

ABRAÇÃO DE UM ADMIRADOR DA SUA COMPETÊNCIA!!!!!!!!!