Friday, May 16, 2008

APRENDENDO COM AS TULIPAS


Ontem teve célula do Mudança e foi muito bom. Não tínhamos a menor idéia do que Deus tinha para nós, mas Ele nos surpreendeu de uma forma discreta. Quando percebemos, nossas perguntas encontraram respostas. Tudo por causa de uma tulipa.

Tulipa é a minha flor preferida. Sempre foi, e nem sei ao certo o porquê. Mas que amo é fato. Ontem, sem pretensões, comecei a divagar sobre uma que ganhei na floricultura essa semana.

A tulipa é uma flor ímpar. No Brasil ela é quase rara, sendo possível ver somente no inverno, e nos países do norte, na primavera. Para cultivá-la é preciso muito cuidado. Se exposta ao calor, ela definha. Ela é uma flor simples, sem exageros. Possui um caule reto, folhas simples e poucas pétalas. A beleza da tulipa se encontra justamente na impressionante simplicidade. Ao mesmo tempo, ela não floresce o ano todo, mas quando sua flor surge, ela gera impacto. A tulipa sabe a hora certa de aparecer e de hibernar. Não quer dizer que por ela não estar em evidência que ela não exista ou que esteja morta.

Ao mesmo tempo, ao contrário do que a natureza ensina há a necessidade de estar sempre em voga, imposta pela sociedade. É preciso estar em destaque todo o tempo, de fazer coisas extraordinárias, de romper com o convencional. Se não é novidade, pouco importa. Se não está fazendo algo, então se torna dispensável. Aí me lembro de João Batista e de suas incursões pelo deserto. Ele ficava dias contemplativo, em oração, refletindo, longe da sociedade israelita. De repente, ele aparecia e aí cumpria seu papel. Logo, suas palavras ganhavam público, então novamente ele se retirava. João Batista sabia a hora de sair de cena. Jesus também era adepto dos momentos fora dos holofotes. Frequentemente Ele se retirava. Aliás, até os 30 anos quase nada sabemos dEle. Ele se resguardou, até chegar a hora de aparecer. Até então Ele simplesmente esperou.

Continuando a analogia, inspirados pela gravidez da Claudiana, entramos em outro assunto: o tempo de espera por algo que vai nascer. Ao gerar, a mulher se torna mais sonolenta, seus passos mais lentos, o olhar muda, ela necessita de mais descanso. Ela simplesmente espera, enquanto dentro de si um mundo está em revolução. Ela pode ficar simplesmente sentada sem fazer nada, mas dentro de si há um árduo trabalho acontecendo. Aliás, tudo está em transformação. De mulher ela se torna gestante, da gestante ela finalmente vira mãe. Enquanto ela descansa, uma grande transformação acontece pautada pelo tempo.

O que isso tudo tem a ver com a discussão? Simples. É preciso aprender a esperar e a curtir esse período de espera. É bom não estar em evidência, mas é essencial aparecer na hora certa. Os momentos de descanso são essenciais, até mesmo vitais, apesar da sociedade (e muitas vezes até a Igreja) nos imputar culpa por isso. É preciso aprender a esperar, a descansar, a desfrutar do tempo sem culpa. É preciso aprender a olhar para o lugar certo, para as pessoas certas e reconhecer que nem sempre é hora de agir, mas sim de repousar.

Acho que é por isso que amo tanto as tulipas...

16 comments:

Lê said...

Que lindo este texto Iana.
Também amo as tulipas. Quando estava prestes a casar tive de mudar meu bouquet de última hora porque a decoradora não achou tulipas sobreviventes ao calor de outubro. Mas ia usá-las... Optei por orquídeas, que amo muito também.
Bj,

Fabrícia nunes said...

Ei Iana!!

Nossa como está Tulipa me edificou hoje.........um flor tão simples que nos leva ao ensinamento tão tremendo né.

Saiba que cada palavras que vc posta aqui é muito edificante em nossas vidas.

Bjs

|________Uerlle| || || |___| said...

"...aprender a olhar pro lugar certo,para as pessoas certas e reconhecer que nem sempre é hora de agir,mas sim de repousar"
Nossa linda...suas palavras hoje...essa palavra em si forma um verdadeiro bálsamo pra minha alma!
Pura verdade tudoo!
Deus abençõe!

Mara said...

oi iana lindaa
poxaa..
enquanto eu descanso em Deus..(em td)..Ele me da td q preciso..é descansar...

a espera nao pode matar a esperança...por isso..descanso em Deus..

um bejo pra vc Iana..amo sua vida..simplesmente pq reconheço q Jesus é nela..

Luana e Luma said...

Oi Iana...
Bem, gostams do que você escreveu, esse texto é mto bom.
Achamos mto legal, sabe, assim.. quando pega-se exemplos de algumas coisas,tipo de arvores p/ se identificar c/ as pessoas, ou da aquia p/ se identificar c/ um casal, demonstrando sua fidelidade de um p/ c/ o outro, e por aí vai. (espero q vc tenha entendedido, esse nosso pensamento! hau :p)
Mas esse texto em relacao c/ as tulipas, gotams msm oh. Sinceramente nunca tinhamos prestado atencao a essa verdade. Como vc disse "A tulipa sabe a hora certa de aparecer e de hibernar", e "É preciso aprender a esperar e a curtir esse período de espera", dai ja tems q entender, q todos nos tems q esperar o tempo certo, p/ cada coisa q querems fzr. Pois mtas vezes querems fzr tudo do nosso jeito, e na hora em querems, mas n e assim, pois existe um momento certo p/ cada proposito. Ninguem q planta uma semente, espera q no outro dia ela ja seja uma arvore cheia de frutos. Ele sb q ira ter q esperar o tempo certo para q ela cresca e frutifique. Como a propia biblia diz em Eclesiastes 3 "Para tudo ha uma ocasiao certa, ha um tempo certo p/ tdo o proposito debaixo do ceu."
..
Bom, acho q ja acabamos! rs
bjuss..Deus abencoe!
Obs: Nosso texto esta meio sem acentos e algumas pontuacoes, pois n temho a minima ideia ond eu mexi(hehe). Mas acho q dar p entender. Sorry.

Nara Caroline said...

Oi Iana =]
Muito boa a palavra,quando vi as tulipas me interessei logo(rsrsrs).
Parabéns pelo blog,gosto do "seu pensar" sobre as coisas!
Deus te abençoe

AngelMi said...

Poxa Iana, tremendo... sem palavras!
Que saibamos discernir os tempos e as estações do Senhor pra nós.
DTA,
Mi

Taty said...

Amei...

Também sempre gostei de tulipas.
Gostei da lição de "descansar e desfrutar do tempo sem culpa". Interressante como vivemos estressados por causa do tempo que perdemos - sim, inclusive na Igreja.

ah, seu blog ta mto bunitu!

jhom said...

boa verdade sobre as Tulipas, viu Iana...

verdadeiramente temos q ser como elas...

o + dificil é saber a hora de nos recolhermos[hibernar]...
o esperar, às vezes, pode se tornar uma tortura...
afinal, pq ñ encontrar nossas respostas logo após uma pergunta...?pq esperar...?
me pàro pensando nessas "coisinhas" e me sinto meio "fora de si"...
esperar...ô coisinha dificil Jesus...
+ até ELE teve esse momento...neh?

ótima semana p ti menina...

DTA

John Santanna

Kathy said...

Amei esse post e me indentifiquei muito com a parte final. Sem falar que esta ótima a analogia com a gravidez, nem preciso falar o quanto sou fã do corpo humano, as vezes eu me sinto o Bobby do "Fantástico mundo de Bobby" em minhas aulas...Viajo longeeeee...Por falar em viajar, quarta de manhã chego aí..."Um dia de Iana" tá de pé???Hehehehehe...

Bjãoooo

Raquel Vilela said...

Nossa, esse comentário que você fez, foi muito bom, ótima reflexão, ótima escrita e tal...

Parabéns!

Raquel Vilela

Soraia Alves said...

Nunca imaginei que aprenderia alguma coisa com as Tulipas, mesmo porquê prefiros Rosas....rs
Muito menos que elas me passariam tudo o que precisava ouvir e refletir nesse momento!

Thaks Iana Tulipa!rs

Fabíola Paiva said...

amiga.
nohh... seu texto falou demais comigo!
sem noção... hj de tarde eu tava falando sobre isso com uma amiga.
que a gte tem q saber discernir a hora de repousar.
ai falei: "as borboletas do meu estômago hibernaram... é hora disso".
kkk
falou mto.
até coloquei um trecho no meu blog.
hahaha
pode?

beijos

i-relevante said...

Pessoal,

Que bom que vcs gostaram. Fico feliz de saber que meus textos edificam vcs. Aliás, é justamente para isso que o I-relevante existe.

Lê, certamente minha escolha será tulipas. Esses dias visitei um espaço que estava decorado para um casamento inteiro com elas. Quase caí para trás!!! Lindo, mas caaaaro. :(

Taty, acho que a igreja é o "organismo" que mais nos culpa pelo tempo de espera. E ainda dizem que precisamos ser como Maria... Mas como diz a minha amiga Dory: "Continue a nadar!"

Kathy, te espero amanhã. Não se esqueça de me ligar quando vc chegar ao aeroporto da Pampulha. Te pego. ;)

Soraia, que isso! As tulipas são muuuito melhores! rs.

Bilty, que lindo que vc colocou no seu blog! Amei!!!! Me senti muito privilegiada, viu.

Bjs gente.

Luma e Luana said...

Oiee..Iana
..é verdade..gostamos de todos os cds.. + os cds q + gostamos da 1° música a última.. é o Esperança(principalment as músicas Eis-me aqui e Meu filho, não temas) e o cd Por amor de Ti, oh Brasil..
...
só isso mesmo ...
Haa.. se vc poder passa lá no nosso blog, p/ vc vê umas fotos q colocamos sobre a marcha p/ Jesus..
bjus...Deus abençoe..!!

Thaís said...

Iana, também amo tulipas... Elas são simplesmente lindas, né!
Muito legal essa analogia com elas!
Deus te abneçoe muitão!!

Bjinhus*